A preservação da história paranaense é boicotada por emissoras e políticos nas redes sociais

0
722

 

Redes de televisão e políticos querem impedir a divulgação da memória pela própria comunidade. Quem se preocupa em preservar vídeos históricos é perseguido e boicotado nas redes sociais. Desde que este portal começou a divulgar vídeos e fotos históricas, em 1997, seguidamente enfrenta denúncias registradas por áulicos de conhecidos políticos. E também de certas redes de televisão, que pouco ou nada fazem pela memória, mas que impedem a divulgação de fatos históricos que elas filmaram no passado. O melhor exemplo é a batalha de 1988, entre os professores e a PM do Paraná, onde os interessados em reescrever a memória conseguir apagar todos os vídeos do Youtube, incluindo os postados pelo Portal JWS.com.br

 

Por ações assim, mais de um terço dos vídeos que já postamos acabaram  sendo deletados. O último caso foi a retirada de um vídeo histórico importante para o Paraná:  A explosão de bombas contra os professores em 1988, diante do Palácio Iguaçu.

———————————————————————————————–

Determinação de exclusão do vídeo

“Recebemos reclamações de direitos de autor relativamente ao material que publicou, nos seguintes termos:

  • Confronto entre professores e pms no Paraná em 1988.wmv – José Wille

Atenção: A violação repetida de direitos de autor resultará na eliminação da sua conta e de todos os vídeos carregados. “Para sua referência, foi-lhe enviada uma cópia desta mensagem por email, que pode também ser encontrada na sua página Avisos à conta.

 ———————————————————————————————–

 

 

professores 1988 bombas paraná

.

.

 

.

.

.