Seminário de Marketing do Sinepe deu suporte para as escolas no período de pré-matrículas

0
571

 

 

jose wille jws palestra sinepe setembro 2014 marketing de relacionamento comunicação

 Fonte: Sinepe/PR
Data: 05 de setembro

O Sindicato das Escolas Particulares (Sinepe/PR) promoveu o Seminário de Marketing na Faculdades Integradas do Brasil – Unibrasil. O evento reuniu a participação de cerca de 250
representantes de escolas da rede privada de ensino. A proposta era abordar, de forma prática, a importância da comunicação para otimizar o atendimento ao público em escolas, além de esclarecer
cláusulas sobre o Contrato de Prestação de Serviços e vendas casadas (alimentação e atividades opcionais), Renovação de Matrícula e Contrato Eletrônico.

De acordo com o presidente do Sinepe/PR, professor Jacir J. Venturi, o Seminário buscou levar para as escolas informações importantes que podem dar suporte às instituições no período que antecede as matrículas. “Brinco que os meses de agosto e setembro costumam ser de TPM para as escolas, período de Tensão Pré-Matrículas”, disse o professor na abertura do evento. “Agora é o momento das instituições defenderem os índices de reajuste das mensalidades, é hora das campanhas de marketing.

Há uma grande ansiedade em relação a 2015, cujo cenário econômico se apresenta como um ano de muitas incertezas. Como Sindicato, não podemos sugerir um índice de reajuste, mas podemos dar
pistas e dicas para as escolas e apoiá-las nesse processo”, explicou . O endividamento das famílias e a queda do PIB (Produto Interno Bruto), nos últimos 12 meses, reforçam essa perspectiva. “No primeiro trimestre de 2014 tivemos uma queda 0,2% no PIB e no segundo trimestre, esse índice foi de menos 0,6% ( Banco Central do Brasil). Os analistas de mercado preveem uma taxa de inflação de 6,27% para 2014”, contextualiza ele, lembrando que dentro deste cenário, as escolas precisam fazer o reajuste das mensalidades para 2015. “É sabido que os custos educacionais crescem mais do que a inflação, não só no Brasil, mas no mundo todo. Isso acontece por dois motivos, o investimento que é feito constantemente em novas tecnologias e o fato da escola oferecer, cada vez mais, serviços adicionais, tudo isso gera mais custos”, justificou Jacir J. Venturi.

O presidente do Sinepe/PR ainda apresentou números sobre a Educação Básica na rede privada de ensino no Brasil, que nos últimos dez anos, entre 2003 e 2013, registrou um crescimento
de 17,2% do total de matrículas, segundo estudos realizados pelo Departamento de Informação Educacional do Sindicato. Já a rede pública teve queda de 10% das matrículas no mesmo período.
COMUNICAÇÃO – Âncora do telejornal “Band Cidade” em Curitiba, além de consultor em comunicação, gestão de imagem e mídias sociais, o jornalista José Wille ministrou a palestra “Técnicas de
Comunicação para otimizar o atendimento ao público nas escolas”. A proposta foi mostrar como as escolas podem desenvolver uma melhor imagem, atendimento e relacionamento com o cliente, fazendo o uso estratégico da comunicação para o trabalho e integração com a equipe de colaboradores.
O jornalista ensinou alguns passos para se conquistar uma comunicação eficaz com o consumidor, que está em constante mudança de comportamento. “O novo consumidor é mais exigente, impaciente e pede soluções rápidas, por isso ele busca resultados. Precisamos pensar o que fazer para conquistar e manter clientes. Sabemos que o maior problema que leva as empresas a perderem clientes está no relacionamento, depois na qualidade dos serviços prestados e não cumprir o que é prometido. Veja que hoje o cliente trocou o PROCON pelas redes sociais, por isso, é muito importante que a empresa esteja nesse meio também e trabalhe sua imagem nesse espaço”, ensinou José Wille.
Já para a equipe, o jornalista explica que o melhor caminho a seguir em busca de mudanças é o diálogo. “A comunicação efetiva é aquela que o outro ouve. Portanto é preciso simplicidade, clareza e
uma boa articulação do raciocínio para conversar com a equipe”, explicou.

.

jacir venturi sinepe portal jws

 

 

 

 

 

 

 

 

 .